Ritidoplastia - Lifting Facial - Clínica landecker

Recebemos sua solicitação. entraremos em contato em breve.

Obrigado!

Quando falamos de rejuvenescimento facial, uma das opções mais procuradas é a Ritidoplastia, também conhecida como cirurgia facial ou lifting facial. O procedimento visa minimizar os sinais de envelhecimento através do reposicionamento dos tecidos profundos e da pele. Ele corrige marcas de envelhecimento no rosto, como rugas, flacidez na pele do pescoço e queda das bochechas.

Quando a cirurgia é feita corretamente, do ponto de vista técnico, o paciente tem um rejuvenescimento de 05 a 15 anos, sem sinais de que a cirurgia foi realizada. O foco da cirurgia facial é a naturalidade, ou seja, ninguém perceber que o paciente passou pelo procedimento cirúrgico.

Por se tratar de uma cirurgia plástica no rosto, muitas dúvidas surgem a respeito do procedimento, recuperação e do pós-operatório.

Como funciona a ritidoplastia?

Para a realização da ritidoplastia, dividimos o rosto do paciente em 3 terços: superior, médio e inferior.

No terço superior, em geral, rugas hiperativas e o excesso de pele das pálpebras superiores são o que mais geram desconforto ao paciente e, muitas vezes, um excesso de bolsas de gordura e de pele nas pálpebras inferiores. Esse excesso gera um olhar cansado e uma falta de vivacidade, que nem mesmo uma boa noite de sono ou uso de maquiagem são capazes de auxiliar o paciente, que continua com aquele olhar cansado.

No terço médio da face, os tecidos tendem a descer, tirando o volume da maçã do rosto, que, especialmente no rosto feminino, impactam na beleza. Com o envelhecimento, esses tecidos tendem a cair e se depositar mais abaixo, gerando o tão conhecido “bigode chinês”. A flacidez dos tecidos tira a definição do ângulo da mandíbula e esse é um dos fatores que mais afligem os pacientes que procuram por essa cirurgia.

Por fim, no terço inferior há o aparecimento de bandas de platisma – nome dado às linhas verticais que aparecem embaixo do pescoço -, podendo haver também acúmulo de gordura e flacidez que dão ar de envelhecimento ao paciente e alteram o contorno do pescoço.

Felizmente, todos esses pontos citados acima podem ser revertidos com a cirurgia facial.

A Técnica

Cirurgia da face

01

INDICAÇÃO

A cirurgia da face é indicada em pacientes com perda do contorno da mandíbula, queda das bochechas e flacidez de pele no pescoço.

Rinoplastia Balanceada

02

COMO É FEITA

Após reposicionar e fixar os tecidos profundos na sua posição original, o cirurgião deve tracionar os tecidos profundos e a pele na direção demonstrada e remover os excessos cuidadosamente.

Rinoplastia Balanceada Preservadora

03

RESULTADO

O resultado é uma aparência natural e rejuvenescida, com a grande maioria das cicatrizes escondidas dentro do cabelo acima e atrás das orelhas.

Como é feito o lifting facial?

Por meio da ritidoplastia, o médico consegue reposicionar os tecidos profundos e a pele no seu local original, rejuvenescendo o aspecto facial e tornando a pele do rosto mais firme, sem excesso de gordura.

Esse tipo de cirurgia ocorre em duas principais etapas, que são:

1. O médico realiza uma incisão na pele facial, separando-a com a gordura dos músculos da face.

2. Após separar essas estruturas, o cirurgião deve realocar os tecidos profundos e a pele (o que proporciona o aspecto rejuvenescido do rosto) à sua posição original e ainda retira a gordura em excesso.

3. Após esse processo, o cirurgião faz a sutura com bastante cuidado, visando cicatrizes quase que imperceptíveis.

A ritidoplastia é uma cirurgia extremamente delicada e que dura, em média, entre 4 e 6 horas, contando o tempo de preparação e a cirurgia.

É importante ressaltar que, se essa cirurgia for bem feita, o paciente ficará com a aparência exatamente igual a uma fotografia dele há 10 anos. Ou seja, o objetivo desse procedimento não é mudar a aparência, mas sim fazer com que esse “relógio” volte para trás com uma face rejuvenescida e natural.

Entender isso no pré-operatório é muito importante, para evitar expectativas irreais e frustrações na análise do resultado cirúrgico.


Quais são as indicações da ritidoplastia?

Por ser um procedimento que visa combater os sinais de envelhecimento e a flacidez da pele, a Ritidoplastia é mais procurada por mulheres a partir dos 40 anos de idade.

O lifting facial não é indicado para peles mais jovens, que podem recorrer a outros procedimentos menos invasivos e, até mesmo, não cirúrgicos.

Além disso, como em outras cirurgias, pacientes que possuem patologias pré-existentes, como diabetes, hipertensão e problemas de coração, precisam estar com tratamento em dia e estáveis antes de fazer a cirurgia. Mas atenção: essa cirurgia não é indicada para pacientes que fumam, pois a nicotina prejudica a circulação sanguínea e aumenta o risco de necrose.


Quais são os cuidados do pós-operatório da Ritidoplastia?

Como em todo procedimento cirúrgico, a ritidoplastia requer cuidados no pós-operatório que devem ser seguidos para que a recuperação seja um processo consistente e tranquilo.

Alguns dos principais cuidados a serem tomados são:

Vale relembrar que a ritidoplastia não é um procedimento definitivo e dura cerca de 5 a 10 anos, pois as alterações faciais acontecem ao longo dos anos e podem ser interferidas por diversos fatores, como estilo de vida, variação de peso, entre outros. Geralmente, após esse período, o paciente volta ao médico para fazer um novo lifting, chamado refrescamento de lifting, que promove novamente os resultados esperados.


Ritidoplastia: como escolher um médico especialista?

A ritidoplastia é uma cirurgia plástica bastante delicada e, por isso, a escolha de uma ótima clínica de cirurgia plástica, que possua um médico competente e especialista, é essencial.

Todo cirurgião plástico no Brasil deve ser, obrigatoriamente, membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica. Além disso, pesquisar sobre as especialidades do médico, comprovadas por meio de publicações de artigos científicos, e analisar os resultados atingidos pelo profissional são etapas necessárias no processo de escolha do profissional.

Ouvir relatos de pacientes que já foram atendidos pelo médico ajuda a entender quais os métodos utilizados no pré e pós-operatório. Trata-se de um processo complexo, mas que precisa ser realizado antes da escolha do cirurgião plástico, para evitar frustrações e complicações futuras.

Vale frisar que quando a cirurgia é bem feita, o paciente fica com a aparência igual a uma fotografia dele de 10 anos atrás. O objetivo dessa cirurgia não é mudar a aparência da pessoa e sim fazer com que ela fique mais jovem, sem alterar os traços naturais

Para agendar sua consulta na Clínica Landecker, preencha o formulário abaixo ou clique aqui para conversar com a equipe no WhatsApp.

A chave da beleza é a harmonia.

A chave da beleza é a proporcionalidade, ou seja, a harmonia. O cirurgião plástico atua considerando as características de cada um, além das preferências de cada paciente. Sempre com o objetivo de obter um aspecto mais natural e harmônico com o formato do rosto.

agende sua consulta





    Li e aceito a Política de privacidade e autorizo a Clínica Landecker a utilizar meus dados para contato e envio de conteúdos referentes à cirurgias, estética e saúde.

    É necessário aceitar os termos de Política de Privacidade

    Usamos cookies em nosso site para fornecer a experiência mais relevante, lembrando suas preferências e melhorando nosso desempenho. Saiba mais.