Blefaroplastia - Cirurgia das Pálpebras - Clínica Landecker

Recebemos sua solicitação. entraremos em contato em breve.

Obrigado!

A cirurgia de pálpebras (ou blefaroplastia) é um procedimento capaz de corrigir os sinais do tempo, visando suavizar a transição entre os olhos e a estrutura óssea adjacente. Por meio desta cirurgia, é possível proporcionar ao paciente um olhar mais rejuvenescido e retirar as rugas e gorduras localizadas na região dos olhos.

A partir da terceira década de vida, alterações marcantes ocorrem nesta região, podendo levar a uma aparência mais envelhecida e cansada.

A pele das pálpebras torna-se mais flácida e fina, fazendo com que a estrutura óssea subjacente fique mais evidente e a gordura contida nas bolsas palpebrais tende a se projetar para fora. Estes fatores resultam num desequilíbrio entre os olhos e o contorno dos tecidos da face.

Assista ao vídeo abaixo para entender mais sobre o procedimento:

A Técnica

01

INDICAÇÃO

A cirurgia das pálpebras é indicada em pacientes com excesso de pele e/ou gordura na região dos olhos.

02

COMO É FEITA?

A blefaroplastia remove os excessos de pele e gordura das pálpebras através de incisões cuidadosamente posicionadas. Na pálpebra inferior, o tratamento das bolsas pode ser realizado pela via transconjuntial, sem cicatrizes externas.

03

RESULTADO FINAL

O resultado é uma aparência rejuvenescida, com maior exposição dos olhos e melhora do contorno local.

Como é feita a cirurgia de pálpebras?

A cirurgia de pálpebras é realizada através de incisões localizadas nas linhas naturais das pálpebras: nas dobras das pálpebras superiores e logo abaixo dos cílios, nas pálpebras inferiores. Estas incisões podem ser prolongadas, quando necessário, para dentro das rugas, no canto externo dos olhos.

Após incisar a pele, o cirurgião separa a pele da musculatura e gordura subjacentes. Depois, ele retira os excessos das bolsas palpebrais e remove as áreas de músculo e pele flácidas.

Quando o paciente não tem flacidez ou excesso de pele na pálpebra inferior, é possível retirar apenas os excessos da bolsa por dentro do olhos. Este procedimento é chamado de blefaroplastia transconjuntival.

A vantagem desta técnica é que o músculo orbicular do olho não é cortado, diminuindo significativamente a chance de ter algum tipo de deformação, deixando marcas claras de que o paciente passou por uma cirurgia.


Quais são as indicações da cirurgia de pálpebras?

A blefaroplastia é indicada para pacientes que se sentem desconfortáveis com a aparência das pálpebras, que, geralmente, começam a ficar flácidas após os 30 anos. Esta cirurgia melhora a aparência das pálpebras inferiores e superiores, rejuvenescendo o aspecto do rosto.

O procedimento cirúrgico é relativamente simples e tem uma duração média de 40 minutos a uma hora e meia, dependendo das técnicas utilizadas pelo profissional e da situação individual do paciente.

Vale salientar, ainda, que a blefaroplastia pode ser associada a outras cirurgias plásticas que visam a harmonia facial, como a rinoplastia (ou cirurgia no nariz), que altera o contorno natural da região nasal.


Como é a recuperação e pós-operatório da blefaroplastia?

O pós-operatório da blefaroplastia requer alguns cuidados específicos para evitar complicações e transtornos. O paciente que se submeter a essa cirurgia precisa, obrigatoriamente, manter repouso absoluto por dois dias e evitar qualquer tipo de esforço físico por até três semanas.

O cirurgião plástico pode indicar ainda o uso de colírios específicos para evitar sintomas que são comuns no pós-operatório, como lacrimejamento, sensação de queimação e desconforto na região dos olhos.

A proteção dos olhos contra os raios solares, com o uso de óculos de sol apropriado, deve durar por até duas semanas após o procedimento cirúrgico, e as pessoas que utilizam lentes de contato devem aguardar o período de 10 dias após a cirurgia para retomar o uso.

Além disso, após a cirurgia de pálpebras o inchaço é normal e podem surgir manchas roxas ao redor dos olhos. Visando suavizar estes sinais, é recomendada a aplicação sistemática de compressas de gelo na face e nos olhos durante os primeiros 7 dias.

As equimoses tendem a desaparecer após a primeira e a terceira semana e a maior parte do inchaço é reabsorvido entre 2 e 3 semanas.

É importante ressaltar que a análise dos resultados da blefaroplastia só pode ser realizada pelo paciente após o término do inchaço, pois o mesmo altera a percepção dos resultados finais atingidos pela cirurgia.


Observações importantes sobre a cirurgia de pálpebras

 

A cirurgia das pálpebras é uma cirurgia delicada, pois existe o risco de causar lesão nos olhos. Por isso, o cirurgião deve ter cuidado no manuseio dos equipamentos e instrumentos cirúrgicos, visando evitar lesões no globo ocular – especialmente na córnea.

Além disso, deve-se evitar o ressecamento da córnea, mantendo-a lubrificada com pomadas oftalmológicas. O cirurgião deverá também, cuidadosamente, controlar hemorragias fazendo uma boa hemostasia.

Vale lembrar que a blefaroplastia não é capaz de remover os “pés de galinha”, rugas profundas, áreas escuras em volta dos olhos e sobrancelhas caídas. O procedimento pode ser realizado sozinho (somente nas pálpebras superiores, inferiores, ou ambas) ou associado a outras cirurgias.

Uma das vantagens do procedimento é que as cicatrizes tendem a se tornarem imperceptíveis após alguns meses.


Blefaroplastia e a importância de escolher um médico especialista

Na blefaroplastia, assim como em qualquer outro procedimento cirúrgico, é muito importante escolher uma clínica de cirurgia plástica competente e um profissional especializado, com experiência na área. Todo cirurgião plástico no Brasil precisa ser, obrigatoriamente, membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica.

Antes de escolher o seu médico, analise o currículo do profissional, suas especialidades e experiências com cirurgias plásticas. Se possível, conversar com antigos pacientes e visualizar resultados atingidos podem ser ótimas ações antes da escolha do cirurgião.

Trata-se de um processo trabalhoso, mas que é extremamente necessário para evitar transtornos e frustrações, além de garantir a sua segurança durante todo o processo da cirurgia.

Para agendar sua consulta na Clínica Landecker, preencha o formulário abaixo ou clique aqui para conversar com a equipe no WhatsApp.

A chave da beleza é a harmonia.

A chave da beleza é a proporcionalidade, ou seja, a harmonia. O cirurgião plástico atua considerando as características de cada um, além das preferências de cada paciente. Sempre com o objetivo de obter um aspecto mais natural e harmônico com o formato do rosto.

agende sua consulta





    Li e aceito a Política de privacidade e autorizo a Clínica Landecker a utilizar meus dados para contato e envio de conteúdos referentes à cirurgias, estética e saúde.

    É necessário aceitar os termos de Política de Privacidade

    Usamos cookies em nosso site para fornecer a experiência mais relevante, lembrando suas preferências e melhorando nosso desempenho. Saiba mais.