Rinoplastia: um guia prático sobre a cirurgia de nariz - Clínica Landecker

A rinoplastia ou cirurgia de nariz é um dos procedimentos cirúrgicos mais realizados no Brasil. Apenas no ano de 2020, a busca pelo termo “Rinoplastia” nas plataformas de pesquisa registrou um aumento de 4.800%, o que contribuiu consideravelmente para a procura nos consultórios.

Embora a cirurgia de nariz seja amplamente conhecida, ainda existem muitas dúvidas sobre o assunto e é importante ter em mente que toda cirurgia, seja ela para fins estéticos, reparadores ou funcionais, precisa ser pensada com cautela.

Por isso, eu preparei um guia prático sobre rinoplastia, abordando tudo o que você precisa saber neste assunto. Confira abaixo o que este artigo contempla:


Por isso, eu preparei um guia prático sobre rinoplastia, abordando tudo o que você precisa saber neste assunto. Confira abaixo o que este artigo contempla:

1. O que é a rinoplastia?
2. Como funciona a cirurgia de nariz?
3. Importância do planejamento cirúrgico 
4. Qual a idade certa para fazer uma rinoplastia?
5. Qual a diferença entre rinoplastia primária e secundária?
6. Principais técnicas de rinoplastia que eu realizo
7. Como é o processo de recuperação da cirurgia de nariz?
8. Em quanto tempo é possível ver o resultado?
9. Qual a importância da escolha do médico e do local da cirurgia?
10. É possível saber o preço de uma rinoplastia?
11. O convênio cobre os custos de uma rinoplastia?
12. Aspectos psicológicos relevantes
13. Como cuidar do emocional durante o pós-operatório?


Rinoplastia

O que é a rinoplastia?

A rinoplastia é o procedimento que permite corrigir ou reparar alterações no nariz, visando trazer mais harmonia para a face e melhorar a autoestima do paciente. Mas, para além disso, a cirurgia no nariz também é procurada para fins reparadores e funcionais, com o objetivo de corrigir defeitos que prejudicam a qualidade de vida da pessoa.

Ao longo dos meus 20 anos como cirurgião, eu sempre busquei levar mais beleza e conforto para o dia a dia dos pacientes, seguindo a filosofia que me norteia: oferecer um nariz bonito, funcional e que não pareça operado.

Como funciona a cirurgia de nariz?

Existem duas abordagens que podem ser usadas para realizar uma cirurgia de nariz: fechada e aberta.

Na técnica fechada, a cirurgia é realizada por dentro do nariz e oferece visualização limitada das cartilagens que formam o esqueleto e a ponta nasal. Embora ela seja menos agressiva e tenha um tempo de recuperação menor, ela não possui o mesmo grau de previsibilidade que a rinoplastia aberta, por exemplo.

Já na abordagem aberta, o esqueleto ósseo e cartilaginoso do nariz fica exposto, possibilitando uma visão completa das estruturas nasais. Na minha opinião, a rinoplastia aberta é mais favorável que a fechada, pois ela oferece mais precisão e menor chance de reoperação.

Neste vídeo, eu explico em mais detalhes as diferenças entre a rinoplastia aberta e fechada. Clique para conferir: 👇

Importância do planejamento cirúrgico 

Um dos meus objetivos como cirurgião é proporcionar a melhor experiência aos meus pacientes. Por isso, eu sempre prezo por um planejamento “individualizado”,que combine naturalmente com a face e a etnia do paciente.

Durante a consulta, é feito um estudo detalhado das proporções do nariz em relação à face, criando um planejamento cirúrgico baseado nestes resultados e no senso estético.

Após a avaliação, fotografias profissionais são realizadas e importadas para um sofisticado software de simulação computadorizada, que permite obter uma visão 3D dos resultados.

Usando essa tecnologia, eu consigo analisar as proporções do nariz em detalhes e formular um plano cirúrgico que levará em conta, principalmente, as expectativas do paciente e a possibilidade de atendê-las.

Este sistema pode estabelecer uma boa sintonia entre o cirurgião e o paciente, oferecendo resultados cada vez mais naturais e minimizando a chance de insatisfação estética após a cirurgia.

rinoplastia

Qual a idade certa para fazer uma rinoplastia?

Em primeiro lugar, não existe uma idade ideal para operar o nariz, mas é importante destacar que a rinoplastia deve ser realizada a partir dos 16 anos. Nessa idade, as estruturas ósseas e cartilaginosas do nariz e da face estão completamente desenvolvidas.

Entretanto, a menos que se trate de casos especiais, onde há o desvio septal severo, a cirurgia de nariz poderá ser feita antes dos 16 anos.

Vale ressaltar que nenhuma cirurgia plástica tem efeitos imediatos. Por isso, a recomendação é que seja realizada somente quando o paciente tiver estrutura emocional suficiente para lidar com a mudança de aparência proporcionada pelo procedimento.

Qual a diferença entre rinoplastia primária e secundária?

A Rinoplastia secundária é utilizada quando o paciente já operou o nariz anteriormente e por algum motivo não se sentiu satisfeito com os resultados.

Você sabia que 80% das cirurgias de nariz que eu realizo são secundárias?

Nesses casos, é possível realizar uma nova cirurgia um ano após a última operação com objetivo de corrigir possíveis falhas e problemas identificados no resultado final da primeira rinoplastia.

Já a Rinoplastia primária, é realizada quando o paciente nunca operou o nariz e decide recorrer ao procedimento para melhorar questões estéticas ou funcionais.

rinoplastia-secundaria-clinica-landecker

Principais técnicas de Rinoplastia que eu realizo

Atualmente, eu utilizo três filosofias cirúrgicas em rinoplastia: balanceada, estruturada e preservadora. Entenda quais são as principais diferenças entre cada uma dessas abordagens e em quais casos elas podem ser utilizadas:

1. Filosofia balanceada

A Rinoplastia Balanceada é uma nova técnica de cirurgia de nariz que eu desenvolvi, e que só foi possível graças aos 20 anos de experiência que tenho como cirurgião.

A abordagem só é indicada para pacientes que nunca operaram o nariz (rinoplastia primária) e visa promover resultados naturais, recuperação mais rápida e menor possibilidade de reoperações.

Este novo método utiliza a tecnologia ultrassônica que une as duas principais filosofias cirúrgicas de rinoplastia (estruturada e preservadora) em um único procedimento. O meu objetivo ao desenvolver essa técnica foi aumentar a versatilidade da Rinoplastia Preservadora e diminuir o trauma cirúrgico da abordagem Estruturada, proporcionando uma experiência mais satisfatória ao paciente.

Para saber mais sobre os diferenciais da Rinoplastia Balanceada, clique no vídeo abaixo:

2. Filosofia preservadora

A Rinoplastia Preservadora tem como objetivo esculpir o esqueleto nasal com o menor trauma cirúrgico possível, preservando as cartilagens e ligamentos da região. Esta técnica só pode ser utilizada em casos de rinoplastia primária, pois ela visa esculpir o nariz de forma menos traumática. Por ser menos agressiva, ela possui um tempo de recuperação mais curto.

Entenda mais sobre Rinoplastia Preservadora

3. Filosofia Estruturada

Para muitos especialistas, esta filosofia é a mais consistente, precisa e eficiente, tanto para pacientes que nunca realizaram uma cirurgia de nariz, quanto para aqueles que estão fazendo a rinoplastia pela segunda vez.

A técnica de Rinoplastia Estruturada foi desenvolvida pelo Dr. Jack P. Gunter e pelo Dr. Dean Toriumi nos Estados Unidos nos anos 90, e é a única indicada na vasta maioria das rinoplastias secundárias. Isso porque ela reconstrói elementos estruturais fundamentais, sustentando a pele e oferecendo correção estética e performance funcional ideais ao nariz.

Confira mais detalhes sobre a Rinoplastia Estruturada neste vídeo: 👇

Como é o processo de recuperação da cirurgia de nariz?

Eu sempre digo aos meus pacientes que o processo de recuperação é fundamental para um bom resultado. Por esse motivo, é de extrema importância que todas as orientações médicas sejam seguidas corretamente.

Após a realização da cirurgia, um curativo é colocado para proteger a região esculpida e minimizar o inchaço.

Durante os 7 primeiros dias, o paciente deve ficar em repouso absoluto, descansar adequadamente e se alimentar bem. É comum que nos primeiros dias após a cirurgia haja um pequeno sangramento nasal. Caso isso aconteça, o ideal é repousar com a cabeça elevada e trocar a gaze colocada embaixo do nariz quantas vezes julgar necessário.

É rigorosamente recomendado que o paciente não tome nenhum medicamento sem o conhecimento do seu médico. Os medicamentos fornecidos na prescrição são suficientes para aliviar a dor, o inchaço e as equimoses (manchas roxas).

Rinoplastia

Os curativos e pontos são removidos no consultório após 7-14 dias. Em alguns casos, um novo curativo (apenas de Micropore) poderá ser confeccionado pelo médico e deverá ser mantido por mais 7 dias.

Em quanto tempo é possível ver o resultado da Rinoplastia?

A análise do resultado final requer paciência. Cerca de 75% do inchaço local desaparece nos quatro primeiros meses. Mas, a totalidade do inchaço só desaparece após cerca de 1 a 3 anos.

Por isso, é importante que o paciente aguarde até a cicatrização final para analisar as mudanças, o que ajuda a evitar frustrações.

Saiba mais sobre Resultados da Rinoplastia neste vídeo: 👇

Qual a importância da escolha do médico e do local da cirurgia?

A rinoplastia deve ser realizada por um médico especialista nesse tipo de cirurgia, tendo como princípio básico a construção de um nariz bonito, funcional e que não pareça operado.

Além disso, pesquisar sobre a formação do médico, comprovadas por meio de publicações de artigos científicos, e analisar os resultados atingidos pelo especialista são etapas necessárias no processo de escolha do profissional.

Por fim, o local em que a cirurgia vai ocorrer precisa passar por uma prévia avaliação do paciente, verificando a qualidade e as condições de higiene.

Atualmente, sou Membro do Corpo Clínico e Cirurgião Plástico em 4 hospitais em São Paulo (SP):

▫ Sírio Libanês

▫ Israelita Albert Einstein;

▫ Vila Nova Star;

▫ São Luiz.

Todos esses hospitais de alto nível oferecem hotelaria excepcional, tecnologia de última geração e acima de tudo SEGURANÇA para nossos pacientes.

Conheça a formação do Dr. Alan Landecker

É possível saber o preço da rinoplastia?

Essa é uma das dúvidas mais frequentes quando o assunto é cirurgia de nariz, mas é importante ter em mente que não é possível determinar um preço da rinoplastia padrão, pois o valor da cirurgia varia de acordo com a complexidade de cada caso.

Cirurgias que exigem uma habilidade técnica superior, como casos secundários complexos, tendem a ser mais custosas se comparadas a uma rinoplastia mais simples. Outro ponto relevante é que o nível de especialização do cirurgião também interfere no preço. Quanto mais especializado for o profissional, maior será o valor cobrado pelo procedimento.

Mas atenção: o cirurgião nunca deve ser escolhido com base somente no preço. Em muitos casos, o barato pode acabar saindo mais caro!

Além disso, por determinação do Conselho Federal de Medicina e pelo Regimento Interno da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, é expressamente proibido divulgar valores de cirurgias e procedimentos estéticos na internet.

O convênio cobre os custos de uma rinoplastia?

Nenhumconvênio cobrirá os custos de uma cirurgia de nariz puramente estética. Caso haja problemas funcionais, alguns convênios arcam com os custos desta parte da cirurgia, que geralmente corresponde a 50% dos custos do hospital. Há ainda convênios que oferecem determinados reembolsos aos pacientes pela parte funcional da cirurgia.

Outra dúvida muito comum é se há possibilidade de fazer uma rinoplastia pelo SUS. Neste caso, só é possível operar o nariz de forma gratuita quando o paciente foi vítima de um acidente ou apresenta algum problema funcional.

Aspectos psicológicos relevantes

O nariz está no centro do rosto, sendo responsável por grande parte da harmonia facial. Diante desse fato, é importante lembrar que a maioria dos pacientes que desejam mudar o nariz vem com grandes incômodos.

Existem alguns aspectos psicológicos que são muito importantes e precisam ser considerados.

As cirurgias plásticas são indicadas para melhorar a relação do paciente com sua própria imagem, mas não devem ser utilizadas como válvula de escape para outros problemas.

No vídeo abaixo, eu compartilho mais detalhes sobre esse assunto e quais critérios devem ser analisados. 👇

Como cuidar do emocional durante o pós-operatório?

É função do médico discutir as possibilidades da cirurgia e fazer com que as expectativas do paciente se adaptem à realidade.

Eu sempre brinco com meus pacientes que o nariz é como uma casa que está em reforma e não dá para analisar a reforma da casa antes da colocação do piso, da pintura, das cortinas, etc. Por isso, é muito importante esperar o tempo necessário, até que o nariz desinche, para que você consiga analisar corretamente os resultados da rinoplastia.

Uma conduta que usamos aqui no consultório é sempre ter uma psicóloga avaliando todos os nossos pacientes e oferecer o suporte necessário, tanto antes como depois da cirurgia.

Quer saber mais sobre Rinoplastia?

Se o seu desejo é fazer uma cirurgia de nariz, o primeiro passo é agendar uma consulta com um especialista em Rinoplastia associado à Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica.

Eu atendo na Clínica Landecker em São Paulo (SP) e, durante a consulta médica, você será avaliado através de uma detalhada entrevista, exame físico e simulação computadorizada. Tudo isso resulta em um plano cirúrgico individualizado, que levará em conta principalmente as suas expectativas e a possibilidade de atendê-las.

Clique aqui e agende sua primeira consulta para rinoplastia.

COMENTÁRIOS

Ainda não há comentários. Seja o primeiro a comentar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Li e aceito a Política de privacidade e autorizo a Clínica Landecker a utilizar meus dados para contato e envio de conteúdos referentes à cirurgias, estética e saúde.

Posts Relacionados