Rinoplastia - o que é? - Clínica Landecker

A Rinoplastia – plástica no nariz – é talvez a cirurgia plástica mais realizada em todo o mundo. Com o tempo, ela sofreu diversas modificações. A Rinoplastia Moderna (seja estética, funcional ou estruturada) busca resultados cada vez mais naturais e funcionais, ao contrário da cirurgia feita à anos atrás, onde criava-se um nariz pequeno e arrebitado que nem sempre se equilibrava com os demais traços do indivíduo, o famoso – nariz de plástica.


O que é possível se obter com a Rinoplastia Moderna

Ela é usada para diminuir ou aumentar o nariz, mudar seu formato, deixar mais reto, mudar a ponta ou as asas nasais – as narinas – corrigir narizes tortos, ou qualquer outra alteração desejada pelo paciente.

Harmonia facial

Paciente e médico cirurgião devem observar o equilíbrio estético de acordo com as proporções do rosto para definir a prioridade na cirurgia e para que a face fique o mais natural possível. Os traços de cada paciente são estudados em detalhes para que seu pedido seja atendido da melhor forma possível.

Indicações

A Rinoplastia traz bem estar e segurança para pacientes que sempre se sentiram desconfortáveis com o formato de seus narizes.

De modo geral, pode ser realizada a partir dos 18 anos de idade. É contraindicada para pacientes com doenças agudas, mulheres em fases de amamentação ou pessoas que façam uso de medicamentos anticoagulantes.

Outros procedimentos nasais

Também é comum associar à Rinoplastia a outros procedimentos nasais, como a Correção do Septo Nasal ou da Carne Esponjosa.

Rinoplastia estruturada

A Rinoplastia estruturada é uma opção que visa unir a função respiratória à estética. Ela utiliza de enxertos do próprio paciente, normalmente do septo, para estruturar o nariz. Com a retirada desse material, o cirurgião consegue resolver o desvio de septo, por exemplo, otimizando as vias aéreas. Quando se corrige o distúrbio, o fluxo de ar para os pulmões aumenta, melhorando a qualidade de vida do paciente.

Rinoplastia – Primeira avaliação

É feita uma avaliação estética da altura no dorso, calculado em quantos milímetros será rebaixado, baseado em padrões característicos masculinos e femininos. É traçada uma reta imaginária do início à ponta do nariz para orientar a cirurgia. Em mulheres, o nariz considerado “perfeito” tem o dorso com cerca de dois milímetros de distância da linha. Em homens o ideal é não reduzir tanto o dorso, mantendo-o na altura da linha imaginária.

A cirurgia

Depois de separar a pele do nariz do osso, a cartilagem é esculpida pelo médico. Em alguns casos é necessário fazer uma fratura no nariz. Em seguida a pele é recolocada e adaptada ao novo formato e estrutura do nariz.

Alguns profissionais preferem realizar o procedimento pelo interno do nariz, através de incisões nas narinas. Outros cirurgiões preferem procedimentos abertos, que são mais comuns quando a situação é mais complexa. Nesses casos, é feita uma incisão na columela – parte interna do nariz que separa as duas narinas.

No final da rinoplastia, uma tala e tampões internos são utilizados para manter a nova forma do nariz do paciente.

Riscos

Além de hematomas e edema (inchaço) normais no pós operatório, o paciente poderá apresentar os seguintes quadros: Sangramento, infecção, obstrução das vias nasais (em decorrência do próprio edema), necrose do tecido operado, complicações pós-anestésicas, entre outros.No entanto, os riscos – quando a Rinoplastia é realizada por profissionais capacitados -podem ser minimizados se forem tomados os cuidados necessários.

Cicatrizes

As cicatrizes da rinoplastia dependem do procedimento feito. Em grande parte das vezes, os cortes são feitos na parte interna da cavidade nasal, não deixando, portanto, cicatrizes visíveis.

Pós-operatório

É importante repousar e manter a cabeça deitada nos primeiros dias. O pós-operatório pode incluir inchaço no rosto, dor no nariz e dor de cabeça.

O cirurgião poderá prescrever medicamentos para ajudar a aliviar os sintomas e compressas frias para reduzir o inchaço e amenizar os incômodos.

É comum também a ocorrência de equimose (roxeado) que podem durar de duas a três semanas. Há uma pequena possibilidade de aparecerem pequenos vasos sanguíneos avermelhados no nariz, em sua maioria, temporários.

Respiração e alimentação

A respiração fica dificultada logo nos primeiros sete dias pela presença de coágulos nas narinas. Isso pode ser melhorado com algumas indicações dadas pelo cirurgião. Por pelo menos uma semana é indicada que a alimentação seja mais pastosa. Pois como a região estará dolorida e inflamada, o ideal será evitar alimentos duros, que exijam forte mastigação.

Quando voltar às atividades

É possível voltar às atividades normais em dois ou três dias. Porém, exercícios que demandem mais esforço físico devem esperar algumas semanas. Em um mês o rosto pode apresentar apenas um pequeno inchaço, e a maioria das marcas da rinoplastia já devem ter desaparecido.

Cuidados

Deve-se evitar qualquer trauma na região operada por cerca de dois meses após a rinoplastia nos casos em que há a fratura dos ossos nasais. Deve-se também evitar sol e calor em excesso para evitar o aumento do edema.

Resultado final da Rinoplastia

O resultado final pode ser alcançado apenas entre seis meses e um ano, pois a cicatrização é lenta. Neste período você deverá evitar tomar luz do sol direta e passar cosméticos. Apesar disso, já são percebidas grandes mudanças a partir de um mês.

O que mais se deve levar em conta na hora de escolhe um especialista?

Conheça em detalhes o seu currículo, se há constantes participações em congressos, apresentações de trabalhos sobre a rinoplastia e publicações. Busque saber sobre o local da cirurgia, onde o médico irá operar.

Procure por médicos que operam em hospitais e/ou clínicas que ofereçam total segurança. Pesquise sobre os resultados positivos obtidos por esse cirurgião plástico. Vá ao encontro de pacientes que o médico já operou e pergunte sobre seu grau de satisfação com os resultados e tratamentos.

Se tiver gostado desse texto sobre cirurgia plástica de nariz deixe seu comentário, sugestão ou compartilhe!

COMENTÁRIOS

  1. Rinoplastia: riscos de uma cirurgia mal realizada - Clínica Landecker09.09.16

    […] A rinoplastia se trata da cirurgia de nariz que tem como finalidade melhorar a aparência e as proporções do nariz, proporcionando harmonia facial e melhorando também a autoestima. Apesar de ser muito usada para fins estéticos, a rinoplastia é utilizada para corrigir problemas de respiração causados por anomalias estruturais. […]

    Responder
  2. Cirurgia Plástica: Quais são os motivos para realizá - las? - Landecker14.12.16

    […] é feita tanto para fins estéticos como para correção do septo (nesse caso, é feito a rinoplastia em conjunto com a septoplastia). O objetivo é deixar o rosto com traços harmônicos através da […]

    Responder

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Li e aceito a Política de privacidade e autorizo a Clínica Landecker a utilizar meus dados para contato e envio de conteúdos referentes à cirurgias, estética e saúde.

Posts Relacionados

Usamos cookies em nosso site para fornecer a experiência mais relevante, lembrando suas preferências e melhorando nosso desempenho. Saiba mais.