Rinoplastia estruturada: conheça as vantagens - Clínica Landecker

Rinoplastia estruturada, seu nariz perfeito!

A rinoplastia estruturada foi desenvolvida nos Estados Unidos nos anos 90 e eu tive o privilégio de trabalhar com um dos inventores dessa técnica que foi Doutor Gunter em Dallas, Texas. É uma técnica inovadora, que existe há mais ou menos 20 anos, e que produz ou é capaz de produzir resultados bastante satisfatórios em rinoplastias primárias e secundárias. Inclusive eu estou viajando agora para Miami, para o Congresso Mundial de Cirurgia de Nariz, onde eu vou dar quatro aulas sobre esse tema.

Então o que é a rinoplastia estruturada?

Na verdade, ela é um desenvolvimento da técnica antiga, que se chama rinoplastia redutora.  Antigamente se realizava essa técnica redutora que basicamente consistia de você diminuir o tamanho dos ossos e cartilagens do esqueleto do nariz.

E quando você diminui o esqueleto qual é a ideia? A pele retrai e com isso você tem um nariz menor ou mais fino. Para fazer isso você tem que cortar os ligamentos que unem os ossos e cartilagens entre si e reduzir o tamanho das cartilagens e ossos individualmente, contando, então, com essa retração de pele.

Agora, o grande problema é que o nariz é atacado por uma série de forças após a cirurgia.  São elas: tecido de cicatrização, forças respiratórias, o peso da pele e o próprio fato dos pacientes entenderem a mexer bastante no nariz.

O nariz também está exposto a uma série de forças da musculatura facial. Então, quando você enfraquece o esqueleto do nariz, como é o caso da rinoplastia redutora, você vulnerabiliza o nariz a todas essas forças que eu citei. Então as chances de você ter colapsos, assimetrias, entortamentos do nariz é são muito mais altas quando você faz a rinoplastia puramente redutora.

Por isso que hoje em dia você vê um índice tão grande de pacientes procurando a rinoplastia secundária num consultório como esse que é especializado em rinoplastia. Então a rinoplastia estruturada veio tentar prevenir esse tipo de problema e também corrigir esse tipo de problema quando necessário.

Você sabe como fazer a escolha certa do seu cirurgião plástico? Clique aqui e confira as dicas preciosas do Dr. Alan.

Como é a técnica de rinoplastia estruturada?

É uma técnica que tem na sua primeira fase uma abordagem idêntica à técnica redutora. A gente também corta os ligamentos entre as cartilagens e ossos, ou as cartilagens entre si,  e a gente também diminui o esqueleto, visando oferecer o nariz menor e/ou mais fino, que é o que a maioria das pessoas quer.

A diferença que existe uma segunda fase nessa cirurgia que é você fortalecer o que sobrou do esqueleto do nariz após todo esse refinamento. Então primeiro você refina o esqueleto, que é a parte de redução, e depois você estabiliza todas essas cartilagens e ossos através de enxertos de cartilagem do próprio corpo do paciente (normalmente elas são retiradas da costela, do septo ou da orelha) e pontos de fixação.

Então a ideia é você usar enxertos de cartilagem e pontos de fixação para fazer com que aquele esqueleto que você esculpiu fique forte no final da cirurgia. A ideia é que essa força que você imputou ao esqueleto seja mais resistente do que todas aquelas forças que eu citei anteriormente.

A chance de deformação, entortamentos e assimetrias é significativamente menor, as chances desses problemas acontecerem é significativamente menor com o uso da técnica estrutural.

Com a aplicação dessa técnica a gente consegue hoje diminuir bastante o índice de rinoplastias secundárias e a gente consegue também corrigir essas rinoplastias secundárias com bastante propriedade nesse consultório.

COMENTÁRIOS

Ainda não há comentários. Seja o primeiro a comentar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Li e aceito a Política de privacidade e autorizo a Clínica Landecker a utilizar meus dados para contato e envio de conteúdos referentes à cirurgias, estética e saúde.

Posts Relacionados