Pós operatório da cirurgia íntima - Clínica Plástica Landecker

A medicina estética auxilia muitas pessoas a se relacionarem de maneira melhor com seu corpo. Apesar de ser frequentemente associada à técnicas que modificam formatos do rosto, removem pontos de gordura corporal ou que remodelam diferentes partes do corpo, a medicina estética também tem ajudado muitas mulheres a se relacionar de melhor maneira com a sua região vaginal, graças ao desenvolvimento de técnicas de cirurgia íntima.

Nesse artigo vamos falar um pouco mais sobre um dos momentos que mais deixam inseguras as pacientes que optam por realizar uma cirurgia íntima: o pós-operatório. Confira aqui como é o período pós cirúrgico desses procedimentos.

Cirurgia íntima: quais são?

Antes de falarmos sobre o pós-operatório das cirurgias íntimas é importante conhecer quais são esses procedimentos, para saber identificar os cuidados pós operatórios que serão citados nesse artigo.

São três os principais tipos de cirurgias íntimas que podem ser realizadas

As cirurgias íntimas são conhecidas por profissionais da cirurgia plástica como técnicas simples e de baixo risco de complicação.

Por esse motivo a grande maioria das pacientes costuma ter alta no mesmo dia da internação para realização do procedimento, sendo necessária somente a permanência em observação hospitalar por seis horas após a cirurgia.

Somente em casos de complicações pós cirúrgicas é que o tempo de internação pode ultrapassar essas seis horas.

Quais são os principais cuidados pós operatórios dessas técnicas?

A grande maioria das técnicas de cirurgia íntima são tratadas no período pós cirúrgico com o uso de analgésicos tradicionais, visto que não são dolorosos e não tem longo tempo de duração.

Algumas pacientes podem observar edemas e roxidão na região operada nos primeiros dias após o procedimento, porém esses sintomas costumam regredir em um prazo máximo de 15 dias.

Especialmente após a cirurgia de monte de vênus, algumas mulheres podem observar migração do edema na região para os grandes lábios, situação que também costuma regredir facilmente.

Especialistas demandam três dias de repouso completo após a cirurgia, para evitar qualquer tipo de movimentação na região íntima.

Apesar de, após esse prazo, as mulheres poderem retornar para suas atividades usuais, a prática de relações sexuais e de exercícios físicos devem ser evitados pelos próximos 15 dias e só devem voltar a ser praticados com a liberação médica.

Quando alguma complicação é observada após esses procedimentos, elas são representadas na forma de hematomas e infecções locais, assim como a abertura dos pontos cirúrgicos antes do período da cicatrização.

Quando os resultados podem ser observados?

Os resultados dos procedimentos cirúrgicos na região íntima podem ser observados em um período máximo de seis meses, quando a cicatrização do tecido estiver finalizada e as marcas do procedimento estético já não forem mais observadas.

Você está pensando em realizar alguma cirurgia íntima para melhorar a sua relação com seu corpo? Tire suas outras dúvidas sobre o assunto com a gente!

COMENTÁRIOS

  1. Saiba pouco mais sobre Redução do Monte de Vênus - Cirurgia Plástica Landecker Blog07.04.16

    […] locais, hematomas e dores na região, porém todos eles de fácil controle e rápido tratamento. Os cuidados no pós operatório exigem a utilização da dosagem correta do analgésico indicado pelo médico responsável pela […]

    Responder
  2. Marianne26.12.16

    Olá gostaria de saber sobre a avaliação médica para cirurgia de redução do monte de Vênus .

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Li e aceito a Política de privacidade e autorizo a Clínica Landecker a utilizar meus dados para contato e envio de conteúdos referentes à cirurgias, estética e saúde.

Posts Relacionados