Nariz romano: saiba como esta cirurgia funciona?
Nariz romano: como esta cirurgia funciona?

Você já ouviu falar do nariz romano? Conhecido também como nariz italiano, ele é muito comum na população brasileira e tem como principal característica a giba nasal avantajada e seu tamanho grande quando observado de perfil.

Em geral, o nariz romano possui um excesso de osso e cartilagem e, na maioria das vezes, apresenta uma espécie de caroço no dorso nasal. Por ter um grande dorso ósseo, deixa uma presença muito marcante na estrutura do rosto. Este é um dos principais motivos que levam os pacientes a realizarem uma rinoplastia.

O nariz romano pode ser recoberto de pele fina ou grossa e pode ser encontrado em descendentes de europeus caucasianos, principalmente italianos, árabes e judeus. Neste artigo, vou esclarecer as principais dúvidas sobre o nariz romano, como: em quais casos a cirurgia é indicada, quais resultados podem ser esperados e como a rinoplastia funciona. 

Tamanho do nariz x Cirurgia plástica

Qual o tamanho ideal para o nariz?

Em primeiro lugar, é necessário ter em mente que o fator que determina a forma do nariz é o formato, posição e tamanho dos ossos e cartilagens que ficam embaixo da pele.

Por estar localizado no centro do rosto, o nariz é um dos grandes responsáveis pela harmonia facial. Por isso, muitos pacientes recorrem à cirurgia plástica por se sentirem insatisfeitos com sua estética. 

Definir um tamanho ideal para o nariz de forma generalizada é impossível. Na realidade, é preciso adequar a avaliação de acordo com as proporções do rosto do paciente e o tipo de cirurgia que os tecidos permitem. Por exemplo, em pacientes com pele fina, é possível reduzir bastante o nariz pois a pele tem boa capacidade de retração, mantendo a definição da ponta de frente. Infelizmente, pacientes com pele grossa precisam ter narizes relativamente maiores em perfil pois esse tipo de pele possui baixa capacidade de retração- se o nariz for muito diminuído, ocorre uma perda de definição na visão frontal.   

Vivemos na era dos filtros e das edições de imagem e, diariamente, somos bombardeados por padrões estéticos que nos apresentem um ideal de beleza. Contudo, vale ressaltar que não existe receita pronta quando o assunto é cirurgia plástica.

Cada pessoa possui traços e características únicas que devem ser consideradas pelo cirurgião. Por esse motivo, nem sempre o que funcionou para um paciente vai ter o mesmo efeito em outro. E na cirurgia de nariz, isso não é diferente. 

Antes da cirurgia, o paciente passa por uma análise detalhada, na qual o médico examina as proporções do nariz em relação à face, desenvolvendo um planejamento individualizado que leve em conta seus traços únicos. A proposta é trabalhar com o conceito de beleza funcional, para possibilitar que você encontre sua melhor versão e que a estrutura em que é feita a intervenção também tenha a funcionalidade preservada ou potencializada.

Como é a cirurgia plástica no nariz romano?

Antes de recorrer a um procedimento cirúrgico, é essencial entender a fundo como o procedimento funciona e buscar um profissional especializado em cirurgia de nariz. 

Em linhas gerais, a rinoplastia nesses pacientes possui duas fases. A primeira, após a abertura do nariz, consiste em esculpir os ossos e cartilagens. A seguir, utilizamos técnicas de estabilização (enxertos e pontos de fixação) para fortalecer o esqueleto remanescente. O objetivo é fazer o nariz resistir às forças pós-operatórias e o envelhecimento, mantendo seu formato pelo resto da vida do paciente.

No caso do nariz romano, existem algumas técnicas para reduzir o dorso nasal. Utilizando a técnica de rinoplastia balanceada que eu desenvolvi, é possível reduzir a altura e retificar o dorso nasal utilizando técnicas preconizadas pela rinoplastia preservadora. Dessa forma, a chance de irregularidades ósseas é menor, pois com esta técnica a anatomia do ponto K é preservada e as linhas dorsais são mantidas na posição correta.

Outra filosofia que também pode ser utilizada é a rinoplastia estruturada. Esta técnica visa a retirada de quantidades de cartilagem e osso para esculpir o nariz e reconstruir elementos estruturais fundamentais.

Para saber qual técnica é mais indicada para o seu caso, é necessário passar por uma avaliação profissional, pois apenas o cirurgião poderá indicar qual é o melhor método cirúrgico.

Como escolher um bom cirurgião para rinoplastia?

A rinoplastia ou cirurgia de nariz é um dos procedimentos estéticos mais realizados no Brasil. Embora ele seja muito conhecido, é necessário que o paciente busque um profissional com conhecimento técnico necessário para orientá-lo durante o processo.

A cirurgia só deve ser realizada por um médico com longa experiência e currículo na área, pois isso pode reduzir consideravelmente a chance de complicações e reoperações.

Além disso, o local onde a rinoplastia será realizada deve passar por uma análise prévia do paciente, especialmente em relação à segurança e condições do hospital. 

Sempre que possível, é indicado analisar os resultados atingidos pelo profissional, para ter certeza de que ele é credenciado e habilitado para as intervenções.

Uma boa alternativa é procurar ouvir relatos de pacientes que já foram atendidos pelo especialista e também escutar sobre como foram os métodos utilizados no pré e pós-operatório. 

O processo de avaliação para operar o nariz romano ou fazer um procedimento estético é complexo, mas esse investimento de tempo e dedicação antes da escolha do profissional é essencial para evitar frustrações e complicações futuras.

Deseja saber mais sobre cirurgia de nariz?

Neste post, eu destaquei o quanto o nariz tem um efeito importante no equilíbrio e harmonia facial e qual é a recomendação ideal para diminuir o nariz romano. 

Eu atendo na Clínica Landecker em São Paulo (SP) e, durante a consulta médica, você será avaliado através de uma detalhada entrevista, exame físico e simulação computadorizada. Tudo isso resulta em um plano cirúrgico individualizado, que levará em conta principalmente as suas expectativas e a possibilidade de atendê-las.

Atualmente, sou Membro do Corpo Clínico e Cirurgião Plástico em 4 hospitais em São Paulo (SP):

▫ Sírio Libanês;

▫ Israelita Albert Einstein;

▫ Vila Nova Star.

Todos esses hospitais de alto nível oferecem hotelaria excepcional, tecnologia de última geração e acima de tudo SEGURANÇA para nossos pacientes.

Você pode acessar meu currículo completo, clicando aqui. Será um prazer atender você!

Clique aqui e agende sua primeira consulta para rinoplastia.

COMENTÁRIOS

Ainda não há comentários. Seja o primeiro a comentar.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Li e aceito a Política de privacidade e autorizo a Clínica Landecker a utilizar meus dados para contato e envio de conteúdos referentes à cirurgias, estética e saúde.

Posts Relacionados

Usamos cookies em nosso site para fornecer a experiência mais relevante, lembrando suas preferências e melhorando nosso desempenho. Saiba mais.