Conheça 3 tipos de anestesia para cirurgia plástica - Clínica Landecker

A anestesia é uma etapa importantíssima do processo cirúrgico, visto que ela garantirá o conforto e a manutenção da saúde do paciente durante a cirurgia. Para garantir a segurança e evitar futuras complicações, antes da escolha e aplicação da anestesia, deve-se fazer uma visita pré-anestésica com um médico anestesista, que irá “entrevistá-lo” para saber sobre seus exames pré-operatórios, eventuais doenças e medicamentos utilizados, além de explicar as etapas e reações envolvendo a anestesia. Lembre-se de checar se o profissional é membro da Sociedade Brasileira de Anestesia.

Agora que recebeu essa breve introdução ao processo anestésico, vamos conhecer os 3 principais tipos de anestesia?

Anestesia local combinada

Pode ser utilizada tanto em cirurgias simples (uso mais frequente nesses casos), quanto nas mais prolongadas e é recomendável para pacientes com estabilidade física e emocional. Com o devido acompanhamento, são injetados sedativos na veia do paciente para induzir ao sono e a anestesia é injetada na região que será operada. Essa técnica proporciona um sono de leve a moderado.

Anestesia regional

As mais comuns nessa categoria são raqui e peridural e atingem áreas mais específicas, como por exemplo o tórax e o abdome. A anestesia regional é injetada na coluna e é capaz de tirar a dor e dar uma sensação de dormência e relaxamento dos músculos pertencentes à região anestesiada. Nesse caso, também são utilizados sedativos na veia para induzir à um sono leve.

Anestesia geral

Em geral, é indicada para cirurgias de grande porte, que necessitam que o paciente fique inconsciente durante o procedimento para garantir a proteção das vias aéreas, além de permitir um maior controle por parte do cirurgião. A anestesia geral é indicada para pessoas com doenças crônicas e/ou consumidores de medicamentos indutores de sono, antidepressivos, drogas ilegais ou álcool e pode ser injetada de forma intravenosa e de forma inalatória.

Essa técnica possui um efeito profundo que impede a percepção da dor, anula a possibilidade do paciente acordar durante o procedimento cirúrgico e causa perda de memória durante o período. Esta é a mais previsível em termos de manutenção do sono e conforto.

Você conhecia os três tipos de anestesia e suas características? É importante esclarecer todas as dúvidas e conhecer todas as etapas do processo antes de qualquer procedimento cirúrgico. Coloque sua segurança e conforto sempre em primeiro lugar, assim, a satisfação no resultado será garantida.

COMENTÁRIOS

Ainda não há comentários. Seja o primeiro a comentar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Li e aceito a Política de privacidade e autorizo a Clínica Landecker a utilizar meus dados para contato e envio de conteúdos referentes à cirurgias, estética e saúde.

Posts Relacionados