Abdominoplastia: Entenda como é realizada? - Clínica Landecker

Essa é uma das perguntas mais comuns no meu consultório e acredito que isso aconteça por dois motivos. Primeiro, porque a abdominoplastia, também conhecida como cirurgia de abdome, é uma das mais procuras no país, principalmente pelas mulheres.

Segundo, porque a questão de como o procedimento é realizado é uma das maiores preocupações a respeito da maioria das cirurgias plásticas.

Por isso, vou tentar esclarecer de maneira simples e concisa como o procedimento é feito, qual a técnica utilizada e também como a recuperação deve ser feita para que os resultados sejam os desejados.

 

Em que caso ela é indicada?

Antes de abordarmos a técnica cirúrgica da abdominoplastia, acho importante ressaltar que a cirurgia é indicada para alguns casos específicos, pois tem como objetivo retirar flacidez de pele e não só gordura localizada, além de ser também indicada para fraqueza muscular na região, causada geralmente por gestações.

Resumindo, o procedimento deve ser realizado por pacientes que possuam alterações anatômicas que resultaram em um contorno abdominal abaulado e desproporcional ao restante do corpo. Mas não deve ser realizada com fins de emagrecimento.

 

Entenda como a cirurgia de abdominoplastia é feita

Quanto a cirurgia em si, ela é normalmente realizada através de uma incisão transversal logo acima dos pelos pubianos. O tamanho da incisão é proporcional a quantidade de pele que precisa ser removida, mas normalmente ela vai até próximo dos quadris.

Nesse ponto é preciso ressaltar uma informação, a incisão sempre é posicionada de forma que a cicatriz resultante possa ficar escondida pelas roupas íntimas e biquínis.

É por meio dessa incisão é corrigida a frouxidão da musculatura da parede e removido os excessos de pele e gordura da parte inferior do abdome. Em alguns casos, onde o paciente apresenta grande excesso de pele, uma segunda incisão pode ser feita ao redor do umbigo.

Outra dúvida comum é se as estrias podem ser retiradas durante a abdominoplastia, a resposta é sim, as estrias localizadas abaixo do umbigo são removidas junto com os excessos de pele. Porém, as estrias localizadas acima do umbigo não podem ser eliminadas usando esta técnica.

Para encerrar esse tópico, é preciso destacar também que o tempo de internação da abdominoplastia é de aproximadamente 24 horas e a anestesia, geralmente, é a anestesia peridural, mas também pode ser usada a anestesia geral.

Dr. Alan Landecker, Cirurgião Plástico, Membro Titular da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica
Agende sua Consulta

 

 

COMENTÁRIOS

Ainda não há comentários. Seja o primeiro a comentar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Li e aceito a Política de privacidade e autorizo a Clínica Landecker a utilizar meus dados para contato e envio de conteúdos referentes à cirurgias, estética e saúde.

Posts Relacionados