Cirurgia Plástica: qual é o momento certo para fazer? - Clínica Landecker

Antes de tomar a decisão de fazer ou não uma cirurgia plástica, é importante considerar que é uma intervenção cirúrgica, e que além de envolver questões estéticas, inclui questões de saúde, tanto emocionais como físicas.

 

É imprescindível levar esse tema com cautela e seriedade, além de levantar todas as informações e riscos para que a decisão seja embasada e não haja consequências negativas posteriores.

 

Fatores fundamentais no processo decisivo

 

Saúde emocional

 

A saúde emocional é um dos fatores mais importantes antes da escolha pela cirurgia plástica, afinal, convivemos durante muito tempo com nossa aparência, e qualquer mudança no nosso corpo físico pode resultar diretamente na forma como nos vemos, por dentro e por fora.

 

Questionar os motivos que nos fazem querer mudar, ter clareza de que a beleza é vista de forma diferente por cada pessoa e ter em mente de que idealizar que é possível ser “mais feliz” graças a uma mudança no visual pode acabar trazendo frustrações futuras dependendo do resultado obtido.

Um outro fator que precisa ser avaliado com cuidado é o aspecto físico do corpo ou rosto que vai passar pela intervenção e qual é o objetivo final. Se a ideia é ficar parecido com alguém, por exemplo, o resultado pode ser trágico. Inspirar-se em outras pessoas é saudável, mas comparar-se sem levar em conta biotipo e porte físico individual torna essa decisão grave.

 

Possíveis problemas de saúde

 

Doenças hereditárias, crônicas, em tratamento ou de algum outro tipo podem causar riscos durante e após a cirurgia plástica, por isso, é necessário realizar exames e obter a aprovação de outro médico para poder realizá-la com segurança. Quem apresenta problemas cardíacos ou diabetes, por exemplo, precisa de acompanhamento para minimizar contratempos.

 

A escolha do médico x preço x local da cirurgia

 

Outro item que precisa de atenção especial é a escolha do médico cirurgião. Uma forma de realizar essa pesquisa é por meio da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, em que o médico deve constar como especialista – membro associado.

Avaliar se o preço praticado não está abaixo ou acima do mercado, além de buscar referências, trabalhos realizados e indicações também é essencial no momento da decisão.

 

O local em que a cirurgia vai ocorrer precisa passar por uma prévia avaliação do paciente a fim de verificar a qualidade e condições de higiene e limpeza.

 

Momento individual

 

A escolha do momento mais propício para realizar uma cirurgia plástica é muito individual. Em algum momento da vida a pessoa pode achar desnecessário esse tipo de intervenção, mas isso pode se transformar em algum momento da vida.

 

Parte complementar deste processo é conversar com familiares, amigos e principalmente com o cirurgião, que poderá analisar possíveis futuros resultados e ajudar a encontrar soluções para os desejos. Pode ser que o paciente escute um “não” do médico, caso as expectativas físicas estejam desalinhadas com as possibilidades.

 

Quando todas as questões internas são respondidas com segurança, os objetivos são traçados em conjunto com o cirurgião e todos os riscos são expostos pelo médico e o paciente sente-se seguro para assinar, chegou a hora de tomar a decisão final.

 

A decisão final foi positiva? Então saiba como escolher o seu cirurgião aqui.

COMENTÁRIOS

Ainda não há comentários. Seja o primeiro a comentar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Li e aceito a Política de privacidade e autorizo a Clínica Landecker a utilizar meus dados para contato e envio de conteúdos referentes à cirurgias, estética e saúde.

Posts Relacionados