Aspectos Pré-operatórios de Uma Cirurgia Plástica - Clínica Landecker

O que precisa ser feito?

A primeira coisa que se pergunta é em relação à idade. Existe uma Idade certa para se submeter a uma cirurgia?

Exames são: hemograma, sódio e potássio, uréia e creatinina, coagulograma completo, exame de anti HIV e exame de urina. Quando a gente precisa realizar um cirurgia de mamas, a gente sempre pede um exame de imagem para documentar que essas mamas estão ok.

Avaliamos também as condições psicológicas. Faz parte da entrevista, da consulta, o cirurgião analisar a parte psicológica do paciente.

Pacientes de outras localidades também precisam adaptar-se a cidade, pedimos, normalmente, que o paciente fique no mínimo 2 semanas em São Paulo.


Idade certa para se submeter a uma cirurgia

A idade depende da cirurgia. Por exemplo, a cirurgia de orelhas pode ser realizada a partir dos 4 anos de idade, quando 95% do tamanho da orelha já vai ter sido atingido.

Na rinoplastia a gente sugere que a cirurgia seja realizada a partir dos 16 anos, idade quando as estruturas do nariz já vão ter atingido a sua maturidade em termos de crescimento.
Mamas em mulheres a gente sugere a partir dos 16 a 18 anos, quando essas mamas já estiverem totalmente desenvolvidas.

Em termos de idade máxima, na verdade, não existe, desde que o paciente esteja em perfeitas condições clínicas para realizar esse procedimento.


O que fazer antes da cirurgia?

A primeira coisa durante a consulta médica é tirar uma boa história. O cirurgião plástico é um médico, antes de tudo, então ele precisa tirar uma história clínica para ver se o paciente possui alguma doença de base que inviabilize a cirurgia plástica.

Exemplos: pressão alta descontrolada, diabetes descontrolada, algum problema grave de anemia ou de coagulação ou algum problema cardíaco que não suporte a anestesia.
Então a primeira parte é sempre a história.

Depois a gente vai lançar mão de uma série de exames feitos em laboratório para atestar que o paciente está em perfeitas condições de saúde.


Exames

Aqui no consultório os exames básicos que a gente realiza são: hemograma, sódio e potássio, uréia e creatinina, coagulograma completo, exame de anti HIV e exame de urina.

Quando a gente precisa realizar um cirurgia de mamas, a gente sempre pede um exame de imagem para documentar que essas mamas estão ok. Se a paciente tiver idade abaixo de 35 anos solicitamos o ultrassom de mamas, acima dos 35 anos uma mamografia.

Para cirurgia de abdômen a gente sempre pede um ultrassom de abdômen, para ver se não tem nenhum problema nas vísceras que a gente possa deixar passar batido.

E na cirurgia de nariz uma tomografia. Para fins de convênio, de cobertura, o paciente pode obter reembolso e/ou desconto no hospital se ele tiver um convênio que cubra alterações tipo desvio de septo e hipertrofia de cornetos, que podem aparecer na tomografia.
Então todos os pacientes de nariz fazem a tomografia.


Condições psicológicas

Quando esses exames estiverem bons, estiverem corretos, e a gente verificar que o paciente não tem nenhum problema de saúde, ele pode realizar uma cirurgia plástica, isso desde que possua condições psicológicas para tal.

Faz parte da entrevista, da consulta, o cirurgião analisar a parte psicológica do paciente, ou seja, se ele tem expectativas realistas ou não.

Pacientes que chegam com depressão descompensada, transtorno bipolar descompensado, outras alterações psiquiátricas ou psicológicas que geram expectativas irreais, mostram ao cirurgião que não vão conseguir encarar as mudanças que a cirurgia vai propiciar em sua aparência física.

Nesses casos a gente não realiza a cirurgia e prefere encaminhar esse paciente a psicólogos e/ou psiquiatras para que o paciente esteja compensado na hora da cirurgia.

Em resumo, a avaliação da cirurgia tem três fases: a parte clínica, a parte de exames e a parte psicológica.


Pacientes de outras localidades

Quando os pacientes residem fora da cidade de São Paulo, a gente pede, normalmente, que o paciente fique no mínimo 2 semanas em São Paulo após a cirurgia.

Ele vem para a primeira consulta médica, vem para mais uma consulta antes da cirurgia, onde a gente checa todos os exames e faz toda a parte de planejamento cirúrgico.

Depois da cirurgia a gente pede pelo menos duas semanas para que ele tenha alta, estando em uma boa condição para retornar à sua casa.

Antes da cirurgia, é absolutamente fundamental que as coisas sejam feitas com bastante cuidado, pois isso influencia de uma forma decisiva na obtenção de um bom resultado na cirurgia plástica.

COMENTÁRIOS

Ainda não há comentários. Seja o primeiro a comentar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Li e aceito a Política de privacidade e autorizo a Clínica Landecker a utilizar meus dados para contato e envio de conteúdos referentes à cirurgias, estética e saúde.

Posts Relacionados

Agende sua consulta

A Clínica de Cirurgia Plástica e Estética Landecker conta com uma equipe médica comprometida e busca proporcionar conforto e segurança. Especializada em Rinoplastia, implantes mamários, cirurgia de lipoaspiração, cirurgia de abdome, cirurgia da face, cirurgia das pálpebras, orelha de abano.